ainda vivo

9 09UTC agosto, 2007

Envolvido com a chegada da mudança, tropeçando em pilhas de livros e caixas, tentando achar, com a Sil, os melhores lugares pra tudo, desesperado com uma cadela chamada Amidala que está meio confusa sobre onde fazer suas necessidades.

Apesar de tudo, ainda estou vivo. E espero voltar a postar historietas e poesias aqui, em breve.

Anúncios

a caminho

18 18UTC junho, 2007

Uma tentativa de recomeço. Preciso escrever. No início, por falta de tempo, voltarão à vida – em terra nova – alguns textos antigos. No momento certo, textos novos, criaturas ambulantes, pulularão.